quarta-feira, 20 de novembro de 2013

“SÓ ESTOU COMEÇANDO MEU TRABALHO. NÃO TEM NEM UM ANO”, FRISA MAX DE ZÉ DE TOINHO AO REBATER DECLARAÇÕES DE VEREADORA.


Na sessão de terça-feira (19) o vereador Ney Max Santana Oliveira (Max de Zé de Toinho/DEM) rebateu as declarações feitas pela vereadora Lucivânia Amarante (Vaninha/PDT) na sessão anterior sobre reivindicações e projetos do democrata. Max pontuou as críticas da vice-líder da bancada situacionista e falou sobre sua atuação parlamentar.

No início do discurso, o vereador Max justificou o motivo de ter votado contra ao Projeto de Lei nº 42/2013 que prevê abertura de crédito de R$ 150 mil, através da prefeitura. “Não ouvi as explicações e não fiz as perguntas que estavam aqui pra serem feitas sobre esse Projeto de Lei”, afirmou. O vereador Edvaldo da Costa Andrade (Vado/DEM) votou em abstenção e os demais foram favoráveis.

Max resumiu as críticas dos vereadores contra ele, com um aviso enfático: “Quem estiver achando ruim, pode achar. Só estou começando meu trabalho. Não tem nem um ano ainda. Só estou começando!”, frisou o vereador.

O democrata disse que continuará trabalhando pelo desenvolvimento do município e informou: “Se nós vereadores tivéssemos verba de gabinete, eu estaria quase toda semana em Brasília, atrás de recursos para Ribeirópolis. Saía pedindo a um e outro, deputados, senadores”.

Franklin Andrade
ASCOM/Câmara de Ribeirópolis