sábado, 24 de agosto de 2013

Vereador Max de Zé de Toinho exige os critérios para seleção dos beneficiados com o “bolsa universitário” em Ribeirópolis.


O Projeto de Lei 29/2013 enviado para a Câmara de Ribeirópolis pelo prefeito João Francisco da Cunha (João de Nega/PSB) visa conceder auxílio financeiro de 1/3 do salário mínimo vigente aos estudantes universitários. No entanto, a proposta não traz os critérios para a seleção dos 30 beneficiados.

Na sessão de quinta-feira (22), o vereador Ney Max Santana Oliveira (Max de Zé de Toinho/DEM) questionou sobre os critérios exigidos na seleção dos universitários beneficiados. O democrata pediu vista do projeto e solicitou ao Poder Executivo que revise a proposta para evitar dúvidas.

“A secretaria de educação deveria ter enviado quais os pré-requisitos para que os universitários de Ribeirópolis recebessem essa bolsa e aqui não veio nada”, observou Max que avalia como “injusto a secretaria fazer a seleção sem os universitários terem conhecimento”.

O artigo 3º do PL 29 diz que “todas as normas para recebimento dos auxílios financeiros serão definidos através de Decreto pelo Executivo Municipal”. Esse foi um dos pontos questionados pelo vereador, já que ainda não existe decreto com as normas.

Max afirmou que é favorável ao projeto porque beneficia os estudantes, mas exige que a prefeitura envie os requisitos. “Quero saber se é para universitários da Universidade Federal de Sergipe ou universidades particulares porque aqui (no projeto) não diz”, cobrou. O projeto deverá ser votado na próxima semana.


Franklin Andrade
ASCOM/Câmara de Ribeirópolis