terça-feira, 12 de março de 2013

Ribeirópolis: poços que abastecem o município estão secando, e afeta abastecimento.

Dois novos poços deverão ser ativados em Ribeirópolis. 
 
A seca avança no interior sergipano, e os poços artesianos estão secando. Em Ribeirópolis, distante 75 km de Aracaju, a população está em alerta, em decorrência da pouca vasão nos poços que abastecem o município. 

O estado de Sergipe enfrenta uma das piores secas dos últimos 30 anos, tem regiões que a mais de 6 meses não chovem, e com o consumo excessivo de água no verão, a tendência é ter dificuldade no fornecimento de água. 

“Em Ribeirópolis o município é abastecido por três poços, e o poço que possui a maior vasão apresenta atualmente uma queda, o abastecimento está sendo mantido com sistema de manobra”, disse Bruna Carvalho, da assessoria da Deso.

Nessa terça-feira, dia 12, uma equipe técnica está indo verificar dois novos poços que poderão ser ativados, para acrescentar mais água ao sistema. 

Com essa estiagem, a alerta é que a população faça o uso racional da água, para que o abastecimento não seja afetado. 

Da redação Itnet, Aparecido Santana.