quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Moita Bonita , pegando fogo !

Há pouco mais de 6 meses para o pleito eleitoral que define quem vai comandar o executivo municipal e quem vai ocupar as cadeiras da Câmara de Vereadores, nossa cidade já vive um quadro movimentado.
Pela primeira vez, em nossa história política, Moita Bonita poderá ter mais de dois candidatos disputando a vaga de prefeito.

Da situação, vem Marcos Costa (PMDB) que já administrou nossa cidade, ganhou popularidade por ser o "prefeito das festas", com seu jeito mais liberal de governar, amigo do secretariado e sem muita burocracia. Sera o ideal voltar?

Aparece também o vice-prefeito Paulo Barbosa (PDT), que tem um trabalho social muito bom, é popular e nunca negou ajuda a quem o procurou. O mesmo já plotou em seu carro frases de pre-campanha. Paulo romperia com os Costa ou estaria blefando?

Mais um nome é provável na situação, Vander Costa (também PDT), que, em sua página no facebook, posta frases meio que "suspeitas" em relação as eleições e pretende criar o projeto jovem do partido pra fortalecer o mesmo no município. Vander faria chapa com Paulo? Por quem o PDT optaria?

Na oposição, o líder Edmilson Sindô (PSC) diz não abrir mão da candidatura, por sonhar com uma Moita Bonita melhor e mais desenvolvida. Edmilson, que começou sua trajetória com os Costa, fortaleceu a oposição e pretende entrar na disputa.

O vereador Gilvan Fonseca (PP), é um que está quase com a pré-candidatura decidida. Boatos é que o mesmo já afirma que não desiste e que está confiante na juventude, que aposta no parlamentar dos "grandes eventos".

Uma terceira via será formada, possivelmente, pelo cabeleireiro Gilelson (PV), que entra na política como "marinheiro de primeira viagem", prometendo fazer valer seu nome e sua sigla.

E agora Moita Bonita? 15, 12, 20, 11 ou 43?
Quem sucederá Grazielle Costa?

Por: Geovane Alves