sábado, 8 de outubro de 2011

Operação “Minerva” autua câmaras de Moita Bonita e Ribeirópolis.

Pleno do TCE autua protocolos relacionados à Embraevs.

 
No Pleno do último dia 22, as Câmaras de Vereadores de Ribeirópolis e Moita Bonita foram autuadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) por irregularidades em contratos firmados com a Empresa Brasileira de Eventos e Serviços (Embraevs). O relator foi o conselheiro Ulices Andrade.
Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública, o dinheiro que deveria ser utilizado para o aperfeiçoamento profissional de agentes e servidores dos poderes legislativos municipais, estava servindo para financiar viagens para outros Estados, em especial cidades turísticas, onde as palestras não passavam de fachadas. A operação que deflagrou tal esquema foi denominada de ‘Minerva'.
Mais dois protocolos relacionados a contratos firmados entre Câmaras Municipais sergipanas e a Empresa Brasileira de Eventos e Serviços (Embraevs) foram autuados pelo Pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) na manhã da última quinta, 29. Desta vez, as Câmaras de Propriá e Telha estão relacionadas às documentações que voltarão à pauta de julgamentos do Pleno na forma de processo.

Tá no site:
www.itnet.com.br