terça-feira, 24 de agosto de 2010

RECEITAS DO FUNDEB E DO FPM DE RIBEIRÓPOLIS CRESCEM E PROFESSORES COM 8% DE REGÊNCIA DE CLASSE.


ENQUANTO SEGUE O IMPASSE ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÓPOLIS E O MAGISTÉRIO MUNICIPAL, AS RECEITAS DO FPM E DO FUNDEB CRESCEM.
OS DADOS PESQUISADOS NO SITE DO BANCO DO BRASIL MOSTRAM QUE OS VALORES FINANCEIROS DA PREFEITURA ESTÃO MELHORANDO.

NA IMPLANTAÇÃO DO PISO DOS PROFESSORES EM MARÇO DO CORRENTE ANO FICOU ACORDADO ENTRE PREFEITURA E O SINTESE QUE SE A RECEITA MELHORASSE, AS PARTES VOLTARÍAM A DESCUTIR UMA VALORIZAÇÃO PARA A REGÊNCIA DOS PROFESSORES DE RIBEIRÓPOLIS NO PRAZO DE 60 DIAS, PORTANTO NOS FINS DO MÊS DE MAIO. NA IMPLANTAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA, EM 2008, A REGÊNCIA FICOU EM 50%. PARA IMPLANTAR O PISO SALARIAL NACIONAL, O GOVERNO DE UÍTA BARRETO REDUZIU A REGÊNCIA DE CLASSE PARA 8%.

DESDE O MÊS DE JUNHO QUE OS REPRESENTANTES DO SINTESE PROCURAM O GOVERNO MUNICIPAL PARA RESOLVER ESTA PENDÊNCIA E ATÉ O MOMENTO A PREFEITURA NÃO DEU UMA PROPOSTA QUE DE FATO VALORIZE OS PROFESSORES DE RIBEIRÓPOLIS.
AINDA FALTA A TERCEIRA PARCELA DE RECURSOS QUE ESTRARÁ NO DIA 30 DE AGOSTO.

VEJAM OS DADOS PESQUISADOS DO SITE DO BANCO DO BRASIL NO BLOG: www.pasquimribeiropolense.blogspot.com

Fonte: www.pasquimribeiropolense.blogspot.com