domingo, 29 de agosto de 2010

O IBOPE e o Povo Paul... kkkkk



Por Paulo Márcio
fonte:http://www.universopolitico.com.br

O Ibope já cometeu erros clamorosos em Sergipe. Os mais notórios ocorreram nas eleições de 1994, nos levantamentos realizados tanto para o Governo do Estado quanto para o Senado Federal. Naquele pleito o instituto apontava vitória de Albano Franco no primeiro turno. Abertas as urnas, no entanto, o que se teve foi uma vitória de Jackson Barreto, que empurrou a decisão para a segunda etapa, vencida, agora sim, por Albano. Da mesma forma, o Ibope indicava vitória de José Carlos Teixeira e Lourival Batista para o Senado. Mas foram os candidatos Antônio Carlos Valadares e José Eduardo Dutra os eleitos para a Casa Alta.

Já em 2006, na última pesquisa realizada para o governo do estado, o Ibope dava vitória de Marcelo Déda sobre João Alves Filho por uma margem bastante apertada. O resultado das urnas, por sua vez, viria confirmar o acerto do instituto em Sergipe. Diz-se em Sergipe porque, na vizinha Bahia, o tropeço do IPOBE foi monumental. Lá, a última pesquisa apontava para a possibilidade de vitória de Paulo Souto sobre Jacques Wagner no primeiro turno. E a eleição de fato foi decidida no primeiro turno, mas foi Wagner o escolhido pelos baianos para ocupar o Palácio de Ondina.

Esse triste retrospecto do Ibope em terras de Serigy - estado com apenas 75 municípios - abalou inapelavelmente sua credibilidade entre nós. De sorte que cada nova pesquisa realizada pelo instituto é sempre aguardada com um misto de desconfiança e ansiedade. E quanto a isso nada pode ser feito. Pois, dado seu péssimo histórico, o mais respeitável dos institutos de pesquisa do País só é levado em conta quando seus resultados, no mínimo, guardam semelhança com outros encontrados por institutos locais ou regionais. E isso, convenhamos, nem sempre ocorre.

Talvez seja essa a razão pela qual, a despeito da Pesquisa IBOPE/TV Sergipe divulgada no dia 27/08, colocando Déda 16 pontos à frente de João (48% a 32%), não se detectou até agora nem euforia por parte dos governistas, nem desânimo no lado da oposição - apenas algumas provocações de parte a parte nos miniblogs. O que se verifica é uma grande interrogação no ar. Irmanados na dúvida, dedistas e alvistas estão a se perguntar: será que desta vez o Ibope acertou? Bem, esta só mesmo para o polvo Paul, a Mãe Dinah dos moluscos. O melhor, neste caso, é aguardar outras pesquisas, de preferência realizadas por outros institutos.

O mesmo juízo é válido em relação à corrida para o Senado, na qual Valadares aparece em primeiro lugar com 35%, Albano em segundo com 34%, Eduardo Amorim em terceiro com 25% e Machado em quarto com minguados 7%. Tendo em vista que 54% do eleitorado ainda não escolheu seu candidato ao Senado, pode-se afirmar que todos têm chance de vitória, e quem ora aparece na frente não necessariamente cruzará a linha de chegada na posição em que se encontra

Paulo Márcio é delegado de Polícia Civil, graduado em Direito (UFS), especialista em Gestão Estratégica em Segurança Pública (UFS), especialista em Direito Penal e Direito Processual Penal (Fa-Se) e colunista do Universo Político.com. Contato: paulomarcioramos@oi.com.br