quinta-feira, 1 de julho de 2010

Max de Zé de Toinho, primeiro suplente na Câmara Municipal esteve ao lado do deputado ANTONIO PASSOS na convenção do DEM.


O deputado estadual Antonio Passos (DEM) teve seu nome homologado para disputar a reeleição ao mesmo cargo na Convenção do Democratas realizada nesta quarta, 30, em Aracaju. A coligação foi formada com os partidos DEM, PPS, PP, PHS e PTN.

João Alves foi confirmado como candidato ao governo de Sergipe, tendo Nilson Lima como vice, e para o Senado o atual deputado José Carlos Machado (DEM) e Emanuel Cacho (PPS).

O deputado Antonio Passos e Regina Passos chegou ao Iate na companhia de seu filho Georgeo e Danyara (esposa). A família Passos foi saudada por representantes e amigos de Ribeirópolis, Moita Bonita, Nossa Senhora Aparecida, São Miguel do Aleixo e demais cidades.

Também cumprimentaram o deputado, os vereadores do DEM de Ribeirópolis: Pedro do Carmo, Noquinha, Flávio Passos e Vado do João Ferreira. O jovem Max de Zé de Toinho, primeiro suplente na Câmara Municipal também esteve ao lado do deputado.

Deputados, ex-deputados, prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores, lideranças de várias regiões do Estado e centenas de pessoas lotaram o salão do Iate Clube para o anuncio oficial da coligação liderada por João Alves.

A senadora Maria do Carmo (DEM) também compareceu a convenção. Em seu discurso, enfatizou a importância de João Alves na disputa ao governo e fez referência a lealdade e dedicação de João com o povo sergipano. A senadora emocionou alguns participantes e foi muito aplaudida.

“Nós não nos contentaríamos com a opção cômoda em que João aceitaria uma candidatura ao Senado, embora pudesse fazer muito pelo Brasil, mas não poderia salvar o nosso povo do desgoverno que Sergipe se encontra”, disse Maria do Carmo.

João Alves fez um discurso longo e coerente. Citou conquistas importantes em suas administrações, apresentou metas e pontuou algumas prioridades de seu plano de governo. João também criticou o atual governo, detalhando fatos e citando exemplos de problemas em várias áreas.

Nilson Lima, Machado e Emanuel Cacho se apresentaram como candidatos, demonstrando uma grande satisfação por integrar a chapa do ex-governador e garantiram auxiliar João no seu governo, participando ativamente das realizações.