Deputado Federal Mendonça Prado defende um reajuste de 9% para aposentados - Vereador Max de Zé de Toinho

Latest

sábado, 17 de abril de 2010

Deputado Federal Mendonça Prado defende um reajuste de 9% para aposentados



O Plenário da Câmara dos Deputados não votou na noite de ontem a Medida Provisória que reajusta o valor das aposentadorias em 6,14% porque não houve acordo entre os partidos. “Esse valor não corresponde às perdas que eles sofreram. O Democratas, por exemplo, defende um reajuste de 9%. Infelizmente está constatado que o PT engana aposentados e pensionistas do Brasil”, afirmou Mendonça Prado.
A Medida Provisória 475/09, que trata desse assunto, deverá ser incluída na pauta do Plenário no próximo dia 27. O líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza, disse que o presidente da República vetará um reajuste superior a 7%. “No momento em que o governo se vangloria de emprestar milhões ao FMI e fazer doações a outros países, apresenta uma série de dificuldades para conceder aumento de proventos e pensões”, reclama Mendonça Prado.
O parlamentar sergipano afirma que os aposentados querem um aumento real. “Uma atualização de 100% do crescimento do PIB brasileiro. A partir de uma comparação entre a produção de um ano e do anterior, encontra-se a variação anual do PIB de 2008 mais a inflação, que vai chegar perto de 8,7%", argumentou, acrescentando que essa é apenas uma reposição que eles não tiveram nos últimos sete anos. Ele avalia que este é o momento adequado, porque a economia e a arrecadação do governo estão crescendo.
Para Mendonça Prado, além desse reajuste, é muito importante acabar com o fator previdenciário, entretanto o governo do PT não sinalizou para essa possibilidade, apesar de o projeto ser de autoria do senador Paulo Paim (PT/RS). “É inadmissível que o cidadão se aposente com cinco salários mínimos e passe a receber apenas um salário e meio em função do fator previdenciário.

Por email : Jornalista Carla Passos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.